Primeiro Emprego: 7 passos para montar um currículo incrível

Procurando o seu primeiro emprego? Antes de mais nada, leia este artigo e saiba como montar um currículo incrível!

  • 22/01/2019
  • Por: BSL Idiomas

O primeiro emprego é um grande desafio para os jovens que, apesar de possuírem muita energia e vontade de aprender, muitas vezes são eliminados nas entrevistas por falta de experiência.

Além disso, eles também têm que lidar com o medo e a insegurança de não saber, exatamente, como se comportar. Costumam sentir muitas dúvidas entre mostrar resultados, expressar a própria opinião ou esperar as instruções e observar os sinais ao redor.

Nesse cenário, o primeiro passo é saber construir um currículo incrível, que chame a atenção dos recrutadores, e, depois, se preparar para as entrevistas. Assim, aumentam as chances de você conquistar o primeiro emprego.

É sobre isso que falaremos neste artigo. Acompanhe!

 

Como se preparar para buscar o primeiro emprego

Primeiramente, existem diversas maneiras de contornar a falta de experiência formal no mercado de trabalho. Você pode usar estas oportunidades para se preparar para procurar o primeiro emprego. Vamos ver as mais importantes.

 

4 passos para criar sua própria experiência profissional

Mesmo que você seja um universitário recém formado e sem experiência nenhuma, não precisa se desesperar. Se ninguém parece estar disposto a dar uma oportunidade, você sempre pode criá-la.

Tenha em mente que a experiência não é adquirida apenas em trabalhos com carteira assinada. Existem outros caminhos que podem dar a você a vivência prática e as habilidades necessárias para impressionar os recrutadores em uma entrevista e conquistar o primeiro emprego.

 

1) Faça Freelas

Fazer trabalhos temporários é uma ótima oportunidade de ganhar experiência para o primeiro emprego. O mercado de freelancers está bem aquecido, atualmente. As empresas, frequentemente, preferem terceirizar alguns serviços do que contratar profissionais permanentes.

Existem oportunidades em diversas áreas e não se costuma pedir formação completa ou específica, apenas o talento e a habilidade de realizar as tarefas contratadas.

Por exemplo, se você gosta de escrever, pode trabalhar como redator. Se é bom em programação, pode desenvolver sites para internet. Se possui talento para as artes gráficas, pode trabalhar como designer.

Para conseguir os primeiros trabalhos, você pode se cadastrar, gratuitamente, nas plataformas especializadas em conectar empresas e profissionais autônomos.

 

 

Trabalhar como freelancer trará inúmeras vantagens. Você poderá incluir o trabalho como experiência profissional, além de colocar em prática os conhecimentos e as habilidades necessárias na prestação do serviço, tornando-se melhor ainda nelas.

Também permitirá desenvolver outras habilidades empreendedoras, muito valorizadas no mercado de trabalho, como, por exemplo, proatividade, organização, comunicação e, até mesmo, vendas.

 

2) Busque por trabalhos voluntários

Os trabalhos voluntários são uma ótima alternativa para você enriquecer o currículo antes do primeiro emprego, e entender a dinâmica do mercado, colocando em prática o que aprendeu na faculdade.

Você ganhará experiência prática na sua área, facilitando sua entrada no mercado de trabalho. E poderá construir um networking sólido, que também poderá ajudar a conseguir seu primeiro emprego por meio de indicações, por exemplo.

É possível se candidatar a vagas em ONG’S, entidades filantrópicas e outras organizações sem fins lucrativos.

 

3) Faça cursos

O mercado cada vez mais competitivo exige que os profissionais em busca do primeiro emprego estejam em permanente atualização. Portanto, quanto mais cedo você começar, melhor será para o seu currículo e para conquistar o primeiro emprego.

Mesmo que você não tenha recursos financeiros para investir em cursos pagos, atualmente, existem muitos cursos online gratuitos, inclusive em faculdades renomadas.

Você pode aproveitar para se tornar proficiente em outro idioma, por exemplo. O inglês, apesar de todos conhecerem a necessidade, ainda é um diferencial no currículo, pois, poucos candidatos realmente são fluentes.

 

 

Além disso, você também pode participar de eventos na sua área, como congressos e feiras, onde, frequentemente, são oferecidos cursos abertos.

É importante que você tenha objetivos bem definidos quando for escolher os cursos, entendendo qual foi o conhecimento e a habilidade adquirida em cada um. Isso ajudará a descrevê-los no seu currículo.

Você também poderá, durante os processos seletivos, mostrar como eles auxiliaram na sua formação e como poderá aplicá-los no contexto da empresa. Isso fará com que seja valorizado pelos recrutadores.

 

4) Viaje

Viajar possibilita vivências e experiências que podem enriquecer sua vida e seu currículo, contribuindo para a conquista do primeiro emprego. Se for possível, aproveite o fato de que você ainda não ingressou no mercado de trabalho para ganhar experiência internacional.

Esse é o melhor momento para conseguir passar um tempo fora do Brasil sem ter em mente as preocupações que irão surgir quando você estiver trabalhando, inevitavelmente.

Você pode fazer um intercâmbio profissional na sua área de atuação ou um trabalho voluntário. É a oportunidade perfeita para aprender ou praticar um outro idioma, como o inglês, por exemplo, tornando-o um diferencial no seu currículo.

E ainda poderá desenvolver competências muito requisitadas no mercado, como a capacidade de adaptação, a visão global e a inteligência emocional.

 

Prepare-se para a entrevista de emprego

A entrevista

Pode representar o fim da sua busca pelo primeiro emprego e ser a porta de entrada para o mercado de trabalho. Apesar da sua importância, a maioria dos novos profissionais no mercado não se preparam adequadamente para ela.

A boa preparação permitirá que tenha tranquilidade, segurança e profissionalismo ao responder as perguntas, aumentando as chances de causar uma boa impressão no recrutador.

Um ponto importante, que parece óbvio, mas muita gente ainda erra, é a aparência. Pesquisas indicam que a primeira impressão é construída nos primeiros 30 segundos de interação. E depois será difícil reverter esse pré-julgamento.

Principalmente, durante uma entrevista de emprego, onde o recrutador estará atento a qualquer detalhe que mostre como você realmente é e se comporta. Portanto, a primeira coisa que você deve pensar é como quer ser visto.

Comece pela roupa, que deve ser adequada ao emprego que você está se candidatando. Observe como os funcionários atuais da empresa se vestem para o trabalho. Visite o site da empresa e veja se existe algum código de vestimenta sugerido.

A linguagem corporal

também é essencial para compor uma boa primeira impressão. Você deve passar uma imagem positiva, simpática e objetiva. O problema é que, geralmente, o candidato está tão nervoso, que isso se torna difícil.

Cada vez mais o comportamento dos candidatos é posto sob uma lupa, pois ninguém quer recrutar um profissional perfeito tecnicamente para a vaga, mas que irá arruinar o relacionamento da equipe.

Nesse contexto, sua segurança e tranquilidade serão proporcionais ao seu preparo para a entrevista. É fundamental conhecer a empresa, o setor e as atribuições do cargo que você está concorrendo.

Estude sobre a empresa, a fim de, mostrar que você conhece o negócio, o mercado em que ela atua e como você poderá contribuir para potencializar os resultados.

Outro exercício importante é tentar antecipar as perguntas que poderão ser feitas. Você pode pesquisar quais as perguntas mais comuns que os recrutadores fazem nas entrevistas, anotá-las e escrever as respostas adequadas.

Assim, caso elas apareçam, você já saberá como respondê-las. Não deixe para pensar em todas as respostas somente na hora.

 

 

O conteúdo do seu currículo também será útil para as entrevistas. Em suma, esteja pronto para falar sobre ele e sobre suas experiências na faculdade, em viagens, projetos e trabalhos, sempre indicando as habilidades que foram desenvolvidas e como elas poderão ajudar no dia a dia da empresa.

Também esteja preparado para responder questões difíceis como “quais seus pontos fracos” ou “por que acredita ser o melhor candidato para trabalhar conosco”. O teor destas respostas demandará muito autoconhecimento da sua parte.

 

Como elaborar seu currículo incrível

Para construir um currículo incrível e procurar o primeiro emprego, você deve lembrar tudo o que já realizou em sua vida pessoal e universitária. A partir daí, tenha em mente seu objetivo profissional e determine quais informações estão alinhadas ao emprego que você procura.

Como você ainda não terá muita experiência de mercado, o seu currículo deve demonstrar, de maneira clara e objetiva, o tipo de profissional que você é, as experiências vividas e como elas contribuíram para o seu desenvolvimento.

Nesse sentido, o ideal é detalhar muito bem a sua formação, destacando os pontos mais interessantes.

Por outro lado, seja conciso. Seu currículo deve caber em uma página ou, no máximo, duas. Lembre-se que os recrutadores estarão analisando dezenas de currículos e precisarão ser bem objetivos.

Logo, o currículo em que eles baterem o olho e já conseguirem analisar o perfil do candidato, irá se sobressair, aumentando as chances do primeiro emprego.

A seguir, vamos detalhar cada campo que deve ser incluído no seu currículo e como deve ser preenchido.

 

1) Dados Pessoais

O seu nome completo, idade e estado civil devem aparecer logo no início do documento. É fundamental incluir também telefone e e-mail para que a empresa possa contatá-lo facilmente.

Ao mesmo tempo, a foto costuma ser uma dúvida comum entre os candidatos. Tanto quanto, ela não é necessária. Coloque-a somente se for exigência para a vaga desejada. Neste caso, ela deve ser 3×4, de ótima qualidade, priorizando uma postura profissional e roupas adequadas.

 

2) Objetivo Profissional

Seu objetivo profissional deve ser descrito em apenas uma linha, abordando o cargo e a área de interesse. Evite indicar mais de uma área em um mesmo currículo.

Tanto quanto, evite colocar algo muito genérico. Por exemplo, em vez de incluir apenas “Analista”, escreva a área específica em que deseja atuar, por exemplo: “Analista de Marketing” ou “Analista de Mídias Sociais”.

 

3) Formação acadêmica

Coloque todas as suas formações, abrangendo graduação, pós-graduação, MBA, extensão, entre outras. Indique as mais recentes em primeiro lugar. Inclua o nome da instituição de ensino, o curso realizado e as datas de início e término.

 

4) Experiência profissional

Este é um dos campos mais importantes. Mencione nome da empresa, cargo, período de atuação e suas atribuições de forma sucinta. Mas esteja atento para a descrição das atividades desenvolvidas, pois é através deste item que o recrutador conhecerá o seu potencial.

Por isso, é importante descrever quais foram suas principais responsabilidades e os resultados obtidos.

Mesmo que você nunca tenha trabalhado formalmente, você deve detalhar as experiências obtidas durante a formação universitária. Seus estágios, trabalhos em empresa júnior, contratações como freelancer e voluntário, contam como experiências profissionais.

Não se esqueça de detalhar as atividades realizadas em cada um deles, bem como os conhecimentos e habilidades desenvolvidos.

 

5) Idiomas

Dominar outro idioma, como o inglês, por exemplo, ainda é um diferencial. Há consenso entre especialistas que aprender inglês é essencial, em muitas áreas, para quem busca um primeiro emprego no mercado.

Indique o idioma e o nível de conhecimento que possui. Logo, se você ainda estiver estudando, deixe isso claro no currículo, indicando o seu grau de conhecimento. Lembre-se que se for necessário para o cargo, você será testado e deverá comprovar o que tiver declarado.

 

 

Enfim, não ter conhecimento de idiomas pode excluí-lo de um processo seletivo, limitando suas chances.

 

6) Cursos e certificações

Aqui você deve listar os cursos e certificações realizados,relacionados ao cargo em que está se candidatando. Coloque o tema, a carga horária e o nome das instituições onde foram realizados.

Existem conhecimentos que são importantes em todas as áreas, como ferramentas de informática e internet. Assim também, vale a pena você indicar o nível real de conhecimento técnico nestes itens.

Seja sincero, pois, quando as vagas necessitam de algum programa específico, são aplicados testes.

 

7) Outras experiências

É aqui que você colocará qualquer outra experiência que considerar válida para o cargo que está concorrendo.

Por exemplo, fale das suas viagens, trabalhos voluntários, entre outras.

O critério é identificar se estas experiências contribuíram com conhecimentos e habilidades que serão necessárias para o trabalho que você está pleiteando. Ao mesmo tempo, esteja pronto para falar sobre elas durante a entrevista.

 

Conclusão

Em síntese, agora você já sabe como construir um currículo incrível para conquistar seu primeiro emprego. Por fim, você terá um documento feito para impressionar os recrutadores, aumentando as chances de ser chamado para as entrevistas de emprego.

Por fim, não esqueça de considerar, quando for buscar pelas vagas desejadas, se o trabalho almejado será empolgante e motivador para você.

Esses sentimentos irão refletir na sua entrevista e tanto quanto podem contribuir para impressionar o entrevistador.

 

Posts Relacionados

Aprender Inglês
  • Por: BSL Idiomas
  • 15/02/2019
8 melhores aplicativos e sites para você organizar filmes e séries

Conheça 8 sites e aplicativos para organizar filmes e séries e nunca mais se perca nos episódios da sua maratona!

Carreira e Profissão
  • Por: BSL Idiomas
  • 15/02/2019
Você viu as oportunidades de emprego no mercado? Vem ver!

Está procurando oportunidades de emprego? Descubra como saber inglês pode ajudá-lo nessa busca!

Aprender Inglês
  • Por: BSL Idiomas
  • 25/01/2019
O que você precisa saber para escolher um curso de inglês?

Descubra quais os critérios a levar em conta na hora de escolher um curso de inglês e encontre o melhor curso para você!

Aprender Inglês
  • Por: BSL Idiomas
  • 25/01/2019
10 dicas de como organizar o tempo para estudar inglês e fazer faculdade ao mesmo tempo

Você faz faculdade, e não está conseguindo encontrar tempo para estudar Inglês? Nesse post preparamos uma lista completa de dicas para resolver seu problema!

Carreira e Profissão
  • Por: BSL Idiomas
  • 25/01/2019
Os 10 Erros mais comuns do novo profissional no mercado de trabalho!

Saiba como evitar os erros mais comuns do novo profissional ao buscar emprego no mercado de trabalho.

Carreira e Profissão
  • Por: BSL Idiomas
  • 22/01/2019
Primeiro Emprego: 7 passos para montar um currículo incrível

Procurando o seu primeiro emprego? Antes de mais nada, leia este artigo e saiba como montar um currículo incrível!